Atomizador sobre uma superfície colorida

O que é um atomizador?

Se você está chegando agora no mundo dos cigarros eletrônicos, é possível que se depare com algumas nomenclaturas diferentes e que em alguns casos, até significam a mesma coisa: vape, e-cigarro, e-cig, e-cigarette, ou seja, em bom português, todos significam: um dispositivo/ cigarro eletrônico para fumar ou alguma das partes desse aparalho como coil, atomizador e o tank.

Atomizador e o cigarro eletrônico

Cada parte do aparelho, cada componente para o funcionamento ou a substância utilizada para vaporar, recebem nomes diferentes e até mesmo siglas, já vimos inclusive o que significam os componentes.

Um dos nomes que certamente você já ouvir falar é o “atomizador”, certo? Vamos ver qual a sua função no cigarro eletrônico, já que esta palavra pode ser empregada em outros locais. Por exemplo, você pode escutar a palavra atomizador relacionada a perfumes, agropecuária entre outros.

Então, vamos lá! O atomizador é a parte superior do cigarro eletrônico que recebe o líquido/juice, ou seja, o aroma do cigarro escolhido pelo usuário. Esta parte do corpo do cigarro tem a coil/resistência responsável por entregar o sabor e controle de vapor produzido.

A produção de vapor bem como o controle do fluxo do ar começa através dessa resistência. Há diferentes modelos a serem utilizados e isso depende muito do tipo de cigarro que você está usando e da experiência que espera obter.

Essa característica, possível por meio do atomizador, faz a pessoa ter a mesma sensação de estar fumando um cigarro tradicional, mas com muito menos riscos para a saúde.

De volta ao atomizador, é importante mencionar que atendendo a demanda dos consumidores do cigarro eletrônico, cada vez mais exigentes, ele é bastante compacto.

Funcionamento do atomizador e as outras partes do vape

Além do atomizador, seu equipamento geralmente é composto pelas seguintes partes: a bobina, uma resistência, um algodão ou pavio que absorve o líquido, o tanque onde fica o líquido e o bocal por onde o vapor é puxado pelo usuário.

Por se tratar de um aparelho eletrônico, precisamos estar atentos a alguns detalhes. Por exemplo, para que o atomizador funcione da maneira correta, a bobina de aquecimento deve ser imersa no líquido ou posicionada em uma atmosfera fortemente saturada. Caso isso não aconteça, ele irá superaquecer.

A umidade é importante para que a bobina resfrie. O atomizador pode atingir temperaturas próximas a 300 graus e esse superaquecimento pode danificar seu cigarro eletrônico.

Caso o líquido não seja inserido, sem nada para vaporizar, o algodão será queimado e possivelmente danificará componentes internos do atomizador do seu cigarro eletrônico. Portanto, não deixe de conferir o nível do líquido do seu cigarro, sempre antes de ligar para evitar acidentes com seu vape.

Lembrando que o atomizador do cigarro eletrônico possui várias bobinas, estojo, mini chaves Philips, além do manual de instruções. Para facilitar a vida do usuário que ainda não possui experiência além de proporcionar a ideia de “faça você mesmo”, já que é possível montar seu próprio cigarro. E para os mais experientes além de uma maior customização outra dica é que também é possível fazer seu próprio juice.

Quais os tipos de atomizadores disponíveis?

Como mencionamos anteriormente, há diversos modelos e a escolha do atomizador depende do cigarro em questão ou ainda da experiência que deseja obter durante a vaporização.

Apesar de a função principal ser a mesma: vaporizar o líquido do cigarro, existem diferentes modelos. Listamos os cinco tipos principais comercializados hoje em dia, cada um com uma característica diferente.

RBA (Rebuilddable Atomizer)

O termo utilizado para descrever este atomizador, significa que todos os modelos que levam este nome, permitem a sua construção, ou seja, é possível que o usuário monte a resistência e o algodão do jeito que quiser. É o que podemos chamar de cigarro customizável.

RTA (Rebuilddable Tank Atomizer)

Esse é um atomizador que não possui a opção de coils pré-montadas. Ela se constitui de uma base para montar a resistência e o algodão, além de conter o tank para a colocação do líquido. Geralmente possuem um ótimo controle de ar.

RDA (Rebuilddable Dripping Atomizer)

Como o próprio nome já diz esse atomizador não possui tank sendo necessário
somente drippar o líquido direto na coil. Ele é um dos modelos mais simples, o que não faz dele inferior, pelo contrário. Ele pode oferecer nuvens densas de vapor e um ótimo gosto do líquido aos usuários. Apesar da simplicidade do modelo, normalmente ele é usado por vapers mais experientes, pois é necessário montá-lo.

RDTA (Rebuilddable Dripping Tank Atomizer)

Agora que você já conhece as características dos outros atomizadores, fica mais fácil entender as especificidades desse modelo. De maneira geral, ele possui as funcionalidades tanto de um RDA quanto de um RTA, ou seja, é possível dripar o líquido direto na coil e também possui um tank em que é possível armazenar
o líquido/juice.

Sub On Tank

Para fechar a lista, o atomizador do tipo Sub On Tank é constituído de um tank em que o abastecimento é feito pela parte superior. As suas coils são pré-montadas, e para substituí-las, você faz a troca da resistência. Este é o atomizador mais utilizado pelos adeptos do cigarro eletrônico.

Vida útil do atomizador

Para fechar nossa conversa, vale algumas dicas simples para garantir uma maior vida útil ao seu cigarro eletrônico. Como todo aparelho, seu cigarro tem componentes eletrônicos, como o próprio nome sugere. Sendo assim, evitar batidas ou tombos, pode dar a você uma experiência bem mais satisfatória e manter longe possíveis frustrações com o desempenho.

Além disso, geralmente seu dispositivo estará preparado para emitir algum sinal de alerta caso não está tudo em perfeitas condições. É importante que todas as conexões estejam alinhadas antes do cigarro ser ligado. Qualquer erro simples na montagem pode fazer com que seu cigarro não ligue então não deixe de conferir.

Alguns sinais de alerta, podem não ter relação com a montagem e serem um pouco mais complexos. Mas, é bom saber que seu aparelho certamente, o avisará. Umas das mensagens comuns são: “No atomizer found” ou “Check atomizer”. Estes alertas significam que por alguma razão, a bateria não encontrou a conexão com o atomizador ou com a bobina.

Caso esteja perfeitamente ajustado e mesmo assim a mensagem permanecer, pode significar que o atomizador precisa ser limpo ou que sua vida útil chegou ao fim.

Gostou dessas dicas para conhecer ainda mais sobre seu vape?

Quer encontrar tudo o que você precisa para os seus cigarros eletrônicos, tendo acesso aos melhores produtos do segmento? Então, acesse a nossa loja virtual de acessórios para vapes e descubra todos os itens indispensáveis para que você possa usar o seu vape com muito charme, elegância e eficácia.

Aproveite também para conferir outras dicas similares a esta no nosso blog sobre vapes e impulsione ainda mais a sua prática.

Gostou deste texto? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Naked Unicorn: o juice famosinho da Naked 100

Naked Unicorn: o juice famosinho da Naked 100

Quem curte um vape sabe que a escolha do juice é altamente importante para a experiência. Afinal, trata-se do sabor que dará forma ao seu vapor e transformará o seu momento de relaxamento. É por isso que você precisa conhecer o Naked Unicorn, uma excelente opção de...

Pod Descartável Zomo: uma linha incrível para você

Pod Descartável Zomo: uma linha incrível para você

Você já conhece o pod descartável Zomo? Ele é uma escolha praticamente obrigatória para quem quer curtir um bom vape sem o compromisso de um pod tradicional. A Zomo é uma das principais marcas quando o assunto é pod descartável. Esse tipo de produto requer bastante...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *